"Everyone Wants To Be Found"

15
Set 09

Para a abertura da temporada 2009/2010 no CCB, estava bem longe de assistir ao espectáculo que a formação instrumental barroca residente do CCB, Divino Sospiro, acompanhada pela formação L´Arpeggita dirigida pela excepcional Christina Pluhar nos iria oferecer.

Poucas palavras poderão exprimir o que vi e senti no passado Domingo dia 13  com o que se passou no palco do CCB. Apetece dizer, Bravo!

Não sou um aficionado de música antiga, no entanto, sempre gostei e muito de música Barroca assim como de música antiga, principalmente quando interpretada do modo como os músicos da L´Arpeggiata o fazem, ou não fossem eles uns dos melhores instrumentistas europeus da actualidade.

É certo que o homem sempre andou à procura dos limites com o objectivo de os ultrapassar.

Na música então, ficam sempre as questões. Devemos elaborar ou preservar? Até onde se pode ou se deve ir em termos de inovação? Onde estão os limites? E onde, acima de tudo, se podem ou devem ultrapassar esses limites?

O aparecimento de um novo estilo é sempre o resultado da consumação de um estilo anterior. Será que poderei dizer que a interpretação de algumas músicas antigas que vi e ouvi no palco do CCB, não é mais que a recriação da música antiga?

Palavras para quê?

Nunca poderei transmitir por palavras o que se passou, por isso deixo-vos aqui uns pequenos vídeos que achei na net, e desculpem a fraca qualidade dos mesmos, mas não consegui encontrar melhor.

 

 


Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
14
16
19

20
21
22
23
24
25
26

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO